Conheça os principais efeitos da pimenta no organismo

Compartilhe!

Conhecer os principais efeitos da pimenta no organismo é muito importante para quem gosta desse condimento ou até mesmo para quem quer experimentá-lo pela primeira vez. De sabor bem característico e gosto marcante, esse alimento é consumido praticamente no mundo todo. Alguns países consomem mais do que o outro, mas apreciadores existem em todos os lugares.

Esse condimento com sabor marcante é consumido em larga escala nos países asiáticos. O consumo chega a 8 gramas diariamente. No Brasil, os estados localizados no norte e nordeste possuem um consumo maior, principalmente por causa de suas culturas.

É possível encontrar esse tipo de iguaria em molhos, in natura e até em pó. Seu valor nutritivo é bem alto e os efeitos da pimenta no organismo são bem relevantes.

Atualmente, a pimenta vem sendo a queridinha do cardápio de quem está querendo perder peso, pois acelera a queima calórica. Você que está querendo perder uns quilinhos não pode deixar de incluí-la no cardápio.

Conheça logo mais, sete efeitos da pimenta no organismo e entenda o porque de consumir esse condimento tão rico em nutrientes.

Por que a pimenta arde a boca?

Existem algumas plantas do gênero Capsicum que dão pimentas como frutos. O causador da ardência dessas pimentas é uma substância chamada de capsaicina.

Essa substância acumula-se na placenta desse fruto, aonde ficam as sementes e tem um poder muito grande de ativar algumas células do sistema nervoso, alertando-o sobre algo perigoso que está entrando no organismo. As células avisadas, são aquelas que são especialistas em perceber algum perigo, como pancadas, fogo e até picadas de insetos.

Um dos efeitos da pimenta no organismo é a ardência, a capsaicina quando entra no corpo, interage com os nociceptores, as células acabam se modificando e imediatamente enviam a informação para o cérebro de que logo logo, algo vai arder. Pode até parecer meio complicado de entender, mas essa sensação é conhecida no mundo todo.

A informação percorre em questão de segundos, sabe quando batemos o nosso braço ou levamos um pisão forte no pé por exemplo, e que imediatamente a dor aparece? Então, quem faz essa dor aparecer são os neurônios responsáveis pela dor, que estão espalhados pelo corpo todo, mais precisamente na pele e diversos órgãos. Um desses órgãos é a língua.

Efeitos da pimenta no organismo

Assim que a língua entra em contato com essa substância, ela leva a informação para o cérebro que imediatamente manda a sensação de ardência.

Alguns falam que um dos efeitos da pimenta no organismo é o de “queimar a língua”. De fato, eles não estão tão errados assim. Esse tipo de associação da pimenta com o calor provocado na língua, existe mesmo! Isso acontece porque esse receptor de capsaicina é ativado com temperaturas acima de 43 graus.

Assim que esses receptores são ativados, as informações passadas ao cérebro é que algo está errado, não passa de um aviso de perigo.

Não são todas as espécies de pimenta que causam ardência na boca. Por exemplo, o pimentão verde, é um fruto oriundo da Capsicum anuum que não produz a capsaicina. Isso significa que ele não arde. O mesmo ocorre com os pimentões vermelho e amarelo.

Antes de provar alguma pimenta, vale a pena conhecer as suas características, ou seja, se provoca muita ou pouca ardência por exemplo.

Conheça 7 efeitos da pimenta no organismo

Os efeitos da pimenta no organismo são diversos, separamos alguns para você conhecer melhor esse condimento e o que ele pode te trazer de benefício. Acompanhe.

1 – Reduz os níveis de açúcar no sangue

Por ter esse tipo de benefício, esse condimento é indicado para o combate a diabete, além de contribuir na digestão dos alimentos, função que os diabéticos possuem de maneira prejudicada. Acelerando a digestão, o açúcar é queimado mais rápido também.

2 – Contribui para a aceleração do metabolismo

A pimenta é um condimento termogênico, ou seja, ela faz com que ocorra uma aceleração do metabolismo. Para o organismo digerir uma pimenta é necessário a queima de muitas calorias. Isso significa que ele produz muita energia para poder gastar essas calorias que acabou de consumir com a pimenta.

Quando aceleramos o metabolismo, a digestão dos alimentos acaba sendo muito mais rápida, isso contribui para a perda de gordura do corpo. Ser magro pode te ajudar a ter os níveis de colesterol dentro da normalidade.

3 – Anti-inflamatória natural

A capsaicina presente na pimenta tem uma ação inibitória dos processos de inflamação do organismo. Portanto, se você está com alguma inflamação no organismo, a pimenta pode te ajudar nesse processo de cura.

4 – Antioxidante natural

Possuir componentes antioxidantes é um dos efeitos da pimenta no organismo. Por conter vitaminas C e A e minerais importantes como o ácido fólico e o ferro, a pimenta promove uma verdadeira limpeza no organismo. Combatendo os radicais livres, você combate também o envelhecimento precoce e o possível surgimento de câncer.

Efeitos da pimenta no organismo

5 – Eficaz contra a depressão

A depressão infelizmente é o mal do século. Essa doença que começa silenciosa, é capaz de nos fazer perder a graça pela vida. O excesso de estresse, faz com que a produção de neurotransmissores fique completamente prejudicada. A serotonina é um desse neurotransmissor responsável pelo nosso humor.

Quanto mais estressados estamos, mais mal-humorados ficamos facilitando a instalação da depressão no nosso organismo. A pimenta é um condimento excelente para o aumento dessa produção de serotonina, então, inclua-a na sua dieta e eleve de forma gradativa o seu humor.

6 – Regula a imunidade

A vitamina A está presente na pimenta e por conta disso, possui de maneira natural o poder de melhorar a imunidade do corpo. Essa vitamina evita que o organismo contraia infecções. Pessoas com problemas respiratórios pode experimentar utiliza-la. Lembre-se que quando falamos para consumir a pimenta, não estamos falando de 1 quilo de pimenta em cada refeição.

7 – Ajuda no funcionamento do coração

O sistema circulatório é um dos sistemas do organismo mais beneficiado com o consumo desse tipo de condimento. Graças a diversos nutrientes presentes nesse alimento como o cálcio, as vitaminas do complexo B, potássio, etc., os coágulos sanguíneos são impedidos de serem formados.


Compartilhe!

Comments are closed.