Pimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicado

Compartilhe!

Você já ouviu falar da pimenta cheiro do norte? Esta delícia é apreciada por muitas pessoas. Na Escala Scoville está entre 15.000 e 45.000. Isso a torna levemente picante e indispensável dentro culinária nordestina, principalmente baiana.

É um tipo de pimenta bastante usada no preparo de saladas, arroz e variados pratos com base em peixes. Além disso, é bastante apreciada e também considerada bem bonita.

Sua beleza chega a tal ponto que, ao longo dos anos, ganhou o status de uma planta ornamental dentro da classificação de diversos jardinistas brasileiros.

Sua planta é vigorosa, suas folhagens, eretas e um tanto baixas, possuem a tonalidade verde-clara. Já os frutos são amarelos, um tanto leitosos e chegam a medir aproximadamente 3,5 x 2,5 cm.

Sendo assim, este artigo oferecerá mais detalhes sobre uma espécie muito especial da família Capsicum: a pimenta cheiro do norte ou Capsicum chinense.

Descubra, entre outras coisas, como reconhecer essa variedade, exatamente onde suas origens estão e de onde vem o termo enganoso.

 Quais são as características da pimenta cheiro do norte?

Essa pimenta é uma espécie diversificada, com muitas variedades. Desde sua descoberta, há mais de 200 anos pelo botânico holandês, Nikolaus Joseph von Jacquin, mais de trinta outras variações foram identificadas. Isso inclui a famosa Habanero.

Muitas vezes, seus frutos têm cristas claras e visíveis. As plantas atingem apenas baixas alturas, pelo menos se for parametrizada com plantas de outros tipos de pimenta.

Em média, a cheiro do norte cresce de 80 a 100 centímetros. Mas a largura de suas folhas acaba compensando a altura reduzida. Um crescimento ramificado não só garante que a Capsicum chinense tenha uma aparência espessa, mas também uma colheita muito produtiva.

De onde vem essa variedade?

Tal como acontece com muitas outras pimentas, a cheiro do norte tem suas origens centralizadas na América do Sul e Central. No entanto, outras variedades também são cultivadas com sucesso em muitas partes do mundo.

O apelido “Chinense” é baseado em um erro clássico. Tudo começou com o botânico holandês, Nikolaus, que obteve uma pimenta desse tipo de um comerciante chinês.

A partir daí, ele acreditou ter recebido uma variante asiática. Até hoje, este incidente é responsável por muitas confusões. Isso porque, diversas vezes, devido ao nome, é claro, presume-se que seu nome científico tem algo a ver com a proveniência asiática.

Pimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte

Como cultivar a pimenta cheiro do norte?

As plantas da pimenta cheiro do norte, como todas as outras malaguetas, requerem um período de germinação relativamente longo. Portanto, as sementes devem ser plantadas em tempo hábil.

Para um cultivo bem sucedido, é recomendado que se use algumas bandejas de mudas. No entanto, como o período de maturidade, em contraste com a maioria das outras espécies, é muito curto, só é possível esperar por pimentas crescidas depois de alguns meses.

Devido ao pequeno tamanho, uma cheiro do norte também pode ser cultivada perfeitamente em um vaso de flores ou em uma estufa. Claro, não há problema algum se for plantada em um canteiro de flores ou em algum outro lugar no jardim.

Cultura

A pimenta cheiro do norte exige clima quente e não gosta de suas raízes perturbadas. Plante sementes em local ensolarado e em vasos com turfa. São 3 sementes e desbaste para 1 planta por vaso. Demora cerca de 6 a 8 semanas antes de transplantar para o jardim.

O solo deve ser fértil e bem drenado. Não se deve permitir que mudas ou plantas sofram de baixa temperatura ou seca. Mantas entre plantas também é bastante útil.

Evite plantar onde outra pimenta, tomate ou berinjela cresceram anteriormente. Todos os três são membros da família da “nightshade” – vegetais que possuem toxinas narcóticas e venenosas – e estão sujeitos a doenças semelhantes.

Após um ou mais plantios de qualquer um desses três em um local específico, os patógenos transportados no solo podem infectar novas plantações.

Quanto tempo as pimentas precisam até atingirem a maturidade e maturação total?

Como já mencionado, o tempo de maturação é relativamente curto. A pimenta cheiro do norte precisa apenas de 50 a 90 dias para formar frutos magníficos e extremamente picantes.

Sementes de pimenta cheiro do norte podem ser armazenadas

Se você não tem certeza se planeja plantar sua pimenta, não se preocupe! É possível armazenar facilmente as sementes. Ao fazê-lo, você deve prestar atenção apenas em alguns pontos, para que a capacidade de germinar não seja perdida.

Primeiro, certifique-se de que o efeito da luz seja evitado, o que obviamente não se refere apenas à luz do sol. Funciona melhor em uma bolsa pequena ou em uma lata pequena.

Em qualquer caso, é importante que o recipiente com as sementes seja selado e absolutamente hermético. Além disso, o local de armazenamento é muito importante, pois, idealmente, não deve ser muito quente.

Se você garantir que essas regras simples sejam mantidas, as sementes da cheiro do norte serão conservadas por muito tempo. Mesmo depois de vários anos, estas sementes podem formar novas plantas.

Pimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte é amarela e tem sabor delicadoPimenta cheiro do norte

Faz mal o consumo da cheiro do norte?

Como qualquer espécie de pimenta, a ingestão de pimenta cheiro do norte, em excesso, tende a causar séria irritação gástrica. Portanto, seu consumo deve ser moderado de modo a se evitar danos maiores à saúde.

Benefícios da pimenta

Os benefícios principais para o organismo humano atribuídos a cheiro do norte são:

  • Auxílio no tratamento de todo o sistema cardíaco;
  • Aumento na taxa de digestão, bem como redução de gordura, por causa da capsaicina;
  • Auxílio na produção equilibrada de saliva;
  • Auxílio no processo referente a desintegração dos alimentos na digestão;
  • Auxílio na boa manutenção do sistema imunológico por conta da quantidade de vitamina C que contém;
  • Auxílio no reparo dos tecidos cerebrais;
  • Auxílio na redução do risco causado por estresse oxidativo;
  • Auxílio no combate da asma pediátrica;
  • Melhora da saúde óssea
  • Auxílio no tratamento de psoríase;
  • Alimento com baixa caloria;
  • Rica em fibras alimentares, carboidratos, vitamina B6, A, magnésio, potássio e ferro.

Então, você já tem uma boa noção das características mais relevantes, do cultivo e de outros detalhes da pimenta cheiro do norte, não? Que tal experimentá-la e nos dizer o que achou?

Compartilhe!

Comments are closed.