Como fazer conserva de pimenta? Confira as receitas!

Compartilhe!

Hoje você vai aprender como fazer conserva de pimenta para dar uma apimentadinha gostosa nas suas receitas. Aquele ardido gostoso que a pimenta tem fica excelente com receitas salgadas como sopas, caldos, molhos e recheios diversos. Além de realçar o sabor dos pratos, a pimenta faz muito bem para a saúde também. Confira nossas dicas e faça a sua conserva.

A pimenta é um condimento que proporciona diversos benefícios para o organismo e que contribui para o aumento da imunidade e da saúde do corpo.

Possui um ardido bem característico no paladar de quem as come, existem as pessoas que não gostam muito e as que são fãs desse tipo de sensação.

Uma coisa é certa, colocar algumas porções desse condimento no seu cardápio faz muito bem para a saúde. Por isso, vamos te ensinar como fazer conserva de pimenta de uma maneira fácil, que vai te surpreender.

Quais são os benefícios observados com o consumo da pimenta?

De acordo com estudos feitos, as pimentas que mais ardem são as mais benéficas para o organismo. Essas que ardem possuem um princípio ativo chamado de capsaicinoides, elas são do gênero Capsicum.

O povo indígena do continente americano já conhecia as propriedades desse condimento e por isso, sempre as tiveram presente em sua alimentação.

Cada pimenta possui uma quantidade de capsaicinoides, podendo ser perceptível graças ao grau de ardência que ela provoca na boca. Quanto mais ardida for a pimenta, mais quantidade de princípio ativo ela possui.

Aprender como fazer conserva de pimenta facilita a sua utilização, pois você poderá coloca-la em diversas receitas culinárias.

Os principais benefícios da pimenta, são:

  • Possui ação antimicrobiana;
  • É um anti-inflamatório natural;
  • Combate os radicais livres e a incidência de câncer;
  • Auxilia em todo o processo de digestão dos alimentos;
  • Protege a parede do estômago;
  • Ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim no sangue;
  • Acelera a queima de gordura e ajuda no processo de emagrecimento;
  • São fontes de vitamina C, auxiliando no aumento da imunidade e no combate das infecções;
  • Combate o envelhecimento precoce, pois também é rica em vitamina E;
  • Excelente para a saúde da pele e dos olhos, pois é rica em vitamina A;
  • São ótimas para melhorar a circulação sanguínea;
  • Promove a proteção dos dentes e da gengiva, pois diminui consideravelmente a acidez da boca;
  • Promove a melhora da digestão.

3 receitas de como fazer conserva de pimenta

Nos supermercados e mercearias é muito fácil encontrar conserva de pimenta, de diferentes tipos. Agora se você quiser aprender como fazer conserva de pimenta de maneira fácil e tê-la sempre na sua cozinha, separe os ingredientes e confira essas receitas a seguir.

Como fazer conserva de pimenta? Confira as receitas!Como fazer conserva de pimenta? Confira as receitas!Como fazer conserva de pimenta? Confira as receitas!Como fazer conserva de pimenta

1 – Conserva de pimenta com azeite de oliva

Ingredientes

Modo de fazer

Lave bem as pimentas e escolha as mais bonitas. Você precisa escolher as pimentas que não tenham nenhum tipo de machucado. Corte essas pimentas ao meio.

Dentro de um recipiente de vidro escuro, coloque essas pimentas cortadas. Você pode reaproveitar o recipiente de vidro de azeite que você já tenha usado por exemplo.

Cubra essas pimentas com o azeite extravirgem e deixe curtindo por 7 dias, após este período, esse azeite já está pronto para o consumo.

Se você quiser, pode substituir o azeite pelo óleo de soja que costuma ser mais barato.

2 – Conserva de pimenta no vinagre

Ingredientes

  • 500 gramas de pimenta de preferência do tipo dedo de moça;
  • 1 xícara de água;
  • ½ xícara de vinagre;
  • 1 colher de chá de sal;
  • Folhas de louro a gosto;
  • 2 colheres de sopa de cachaça.

Modo de fazer

Lave e higienize as pimentas, retirando os cabos e fazendo a seleção apenas das melhores. Coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe, se quiser pode colocar mais água e vinagre para cobri-las.

Assim que começar a ferver a água, desligue o fogo. Pegue um vidro já esterilizado e coloque-as dentro. Cubra com as duas colheres de cachaça e feche bem o vidro.

3 – Conserva de pimenta com ervas e especiarias

Ingredientes

  • 200 gramas de pimenta biquinho;
  • 200 gramas de pimenta de cheiro;
  • 200 gramas de pimenta dedo de moça;
  • 200 gramas de pimenta escorpião;
  • 1 folha de louro;
  • Tomilho;
  • 2 dentes de alho;
  • Azeite;
  • Cachaça.

Modo de fazer

Limpe e higienize as pimentas, retire todos os cabinhos e pique todas elas, a biquinho não precisa picar. Dentro de um vidro já esterilizado, vá colocando uma porção de cada pimenta.

Coloque uma folha de louro, ramos de tomilho, alho e sal.

Coloque a cachaça e o azeite, não precisa encher até a boca, pois a ideia é não transbordar.

Coloque água em uma panela e espere ferver. No fundo dessa panela, coloque um pano limpo no fundo da panela e esse vidro de conserva em cima. Deixe fervendo por 50 minutos.

Passando esse tempo, retire esse recipiente, mas não coloque em uma pia fria, pois ela vai quebrar. Deixe esse pote fechado por 3 semanas, depois desse tempo pode abrir e consumir normalmente. Lembrando que ele deve ser conservado na geladeira.

Existem contraindicações do consumo de pimenta?

Agora que você aprendeu como fazer conserva de pimenta precisa entender que todo excesso pode ser prejudicial. O consumo recomendado é de 3 a 4 vezes por dia.

Ainda não existem dados que atestem que o consumo da pimenta possa causar doenças como úlceras ou alguma outra relacionada ao sistema digestório. Mas de acordo com a medicina, pessoas que já tenham essas doenças devem evitar o consumo desse tipo de condimento.

Pessoas que sofram com hemorroidas também devem ter cautela no consumo de pimenta, pois em grandes quantidades podem causar uma irritação na região do endotélio, responsável pela camada interna dos nossos vasos sanguíneos. Ocasionando veias inchadas e extremamente doloridas. Veias assim pioram o quadro de hemorroidas.

Conservas feitas com pimentas muito fortes podem causar também, queimaduras, náuseas, bolhas na região da língua e da boca. Alterações no sistema respiratório também são observadas.

Compartilhe!

Comments are closed.