Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!

Compartilhe!

Atualmente um dos temperos mais utilizados na cozinha é a pimenta. De fato, diversas pessoas gostam do sabor picante que essa iguaria acrescenta à comida, seja em um cozido, um assado, frituras ou até saladas. No entanto, o que muita gente não sabe é que pimentas aromáticas além de acrescentarem um delicioso sabor, também deixam seu prato com um aroma irresistível.

Se você é daquele tipo de pessoa que adora a acidez de uma boa pimenta, vai se surpreender também com o aroma que elas podem agregar. Surpreenda-se com a fragrância da pimenta malagueta, do dedo de moça, da pimenta biquinho, da pimenta de bode entre outras tão suculentas quanto perfumadas.

O que são pimentas aromáticas?

Assim como o nome já diz, as pimentas aromáticas são aquelas que oferecem, além de um sabor picante e delicioso, um aroma agradável para seus pratos. Um realçador de sabor verdadeiramente surpreendente que pode ser usado para acrescentar sabores picantes e aromáticos ao seu prato.

Explore o aroma

Com o intuito de criar refeições deliciosas, adicionando sabor em vez de gordura, açúcar ou sal, aqui estão algumas dicas para pratos aromáticos:

  • Para o melhor sabor e textura, use pimentas frescas. Ao passo que as congeladas podem ser muito aguadas;
  • Pique e armazene aromáticos com antecedência para preparar a refeição de maneira rápida e fácil durante a semana;
  • Pique legumes para cozinhar. Vegetais saudáveis, como as cenouras, podem ser apropriadas para um ensopado que vai cozinhar por mais tempo;
  • Lidar com pimentas e cebolas com cuidado. Afinal, os óleos desses aromáticos podem irritar seus olhos e nariz. Portanto lave as mãos antes de tocar seu rosto;
  • Não pesar o seu prato com gorduras e óleos. Refogue os legumes em pequenas quantidades de óleo, suco, caldo ou água. Para isso cozinhe-os em uma panela bem coberta, o legume vai amolecer sem escurecer.

Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas

Variedade de pimentas aromáticas

Existe uma quantidade muito grande de pimentas que você deve ser bastante seletivo para escolher a ideal para seu prato. Muitas das mais conhecidas podem ter seus aromas explorados na hora de preparar uma receita.

Escolher o aroma e a ardência de suas pimentas, pode trazer muito mais sabor ao seu prato. Veja aqui as pimentas mais utilizadas e seus aromas surpreendentes:

Pimenta malagueta

Uma das mais populares pimentas utilizadas na cozinha traz, além de sua ardência já bastante conhecida, um cheiro particular. Quer sejam fortes ou doces, as pimentas malaguetas estabelecem uma infinidade de pratos, de acordo com o sabor e a resistência do paladar de cada um.

A escala de Scoville é usada para graduar de 1 a 10 a força das pimentas. A pimenta comum tem uma força de 1, pimenta habanero tem uma força de 10. Já a pimenta malagueta é classificada em 8.

Seu aroma combina com uma diversidade de pratos, sendo até associada ao chocolate. Em pó, purê, fresco, seco, verde ou maduro, pimentas malaguetas são usadas de várias maneiras.

Pimenta longa

Essa é uma variedade popular de pimenta no Camboja, usada para colorir curry vermelho. De cor vermelho vivo, como o próprio nome já diz, é longa e doce, possui um sabor adocicado e defumado, é ligeiramente amarga e muito aromática.

A pimenta longa tem um cheiro doce. Mais aromático e picante do que a páprica, ela desenvolve um sabor levemente picante na boca, sem ser agressiva.

Ela vai deliciosamente aumentar suas marinadas com carnes grelhadas e engrandecer seus ovos mexidos com muito mais sabor e cor. Um prato de massa ou arroz, batatas fritas, legumes cozidos ou no vapor, ou um molho, também são ótimos para usar essa pimenta aromática.

Pimenta preta

Conhecida popularmente no Brasil como pimenta do reino, é uma das especiarias mais conhecidas e antigas encontradas. Ela desenvolve aromas fortes e delicados. Seu sabor muito intenso e doce ao mesmo tempo revela notas de resina, eucalipto e hortelã fresco.

Essa é uma das mais picantes da sua classe, e a única que pode resistir a cozimento e ser usada para cozinhar os seus pratos quentes e sopas. Também combina perfeitamente com carne grelhada ou com salada.

É muito utilizada na culinária brasileira estando presente em diversos pratos típicos, como o baião de dois, por exemplo. Assim como um chá preparado com essa pimenta pode auxiliar no tratamento de problemas como tosses e dor de garganta.

Pimenta branca

Essa é uma das poucas pimentas do mundo a ser produzida a partir de grãos vermelhos totalmente crescidos. Os grãos vermelhos são colhidos um a um no cacho. Então são lavados, escaldados e passam uma noite em uma banheira de água limpa. A pele ao redor do miolo é muito flexível e pode ser facilmente removida. Os grãos são então lavados várias vezes e são secos ao sol por dois a três dias.

Essa iguaria distingue-se pela sua cor branca ou bege e pelo seu aroma genuíno de pimenta com um leve toque de menta. Na boca, desenvolve um sabor intenso e picante, com toques delicados de ervas frescas, eucalipto, cítricos e alecrim.

Pode ser moída ainda fresca em um peixe grelhado ou no vapor. Com certeza essa pimenta aromática vai refinar seus molhos ou caldos.

Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas: 6 opções que você precisa experimentar!Pimentas aromáticas

Pimenta dedo de moça

Essa pimenta aromática encontra-se entre as mais populares do mundo. Originária do Peru, é muito usada por seu sabor leve e pouco picante, quando é preparada sem suas sementes. Seu aroma frutado lembra muito o ruibarbo.

Fatiadas, essa pimenta adiciona um delicioso sabor picante para seu hambúrguer. Outra maneira muito deliciosa de saborear a pimenta dedo de moça é retirar suas sementes para um sabor mais suave, enchê-la com um queijo de sua preferência e assá-la no forno.

Pimenta de bode

Essa pimenta tem um sabor frutado e tornando-a muito popular nas cozinhas brasileiras. É um tipo de pimenta habanero, porém seu sabor é mais frutado e seu aroma é único. Esta pimenta originária do Suriname, muitas vezes é consumida inteira nos pratos que acompanha.

Nos outros países essa iguaria é mais conhecida pelo nome Madame Jeanette, embora essa seja uma variante um pouco diferente. Ela parece ter sido batizada com o nome de uma linda mulher de Paramaribo, capital do Suriname. Essa mulher deslumbrante praticava a profissão mais antiga do mundo.

Compartilhe!

Comments are closed.