Pimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicana

Compartilhe!

A pimenta habanero é a mais picante do México. É nativa da Península de Yucatán e da costa sul-americana, embora seu uso tenha se espalhado por todo o país devido ao seu gosto requintado em molhos.

Entre as variedades de pimenta que existem no México, há poucos tão temidos quanto a pimenta habanero. Ela é o ingrediente que realça o sabor de muitos alimentos.

De tão deliciosa, combina com tudo: refeições, lanches, e até bebidas. Seu alto teor de ardência traz um sabor único e cítrico que a torna muito popular entre os molhos quentes.

Essa iguaria mexicana também é muito popular em países como Cuba, Peru e Brasil. É conhecida por ter três cores: verde, amarelo e vermelho. Confira mais sobre essa pimenta que está entre as mais quentes do mundo.

Origem da pimenta habanero

A pimenta habanero veio da região da bacia amazônica e de lá se dispersou para o Peru durante os tempos pré-hispânicos. A distribuição seguiu para a Bacia do Orinoco (atualmente localizada nos territórios da Colômbia e da Venezuela), para a Guiana, Suriname, Guiana Francesa e Antilhas do Caribe.

Como e quando essa pimenta apareceu em Yucatán e por que ficou mais conhecida por lá? É difícil responder a essas perguntas devido à falta de registros arqueológicos ou fontes escritas.

Embora a chegada do alimento ao México tenha ocorrido em Cuba, o ingrediente não possui relação com a ilha, porque não é consumido e nem cultivado ali.

Pimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero

Cultivo da pimenta habanero

Ela vem da região amazônica do Peru, mas é realmente considerada como uma pimenta mexicana. A península de Yucatán é o maior produtor de habaneros atualmente, mas essa espécie de pimenta é cultivada em muitos países da América do Sul e da América Central, bem como no sudoeste dos Estados Unidos.

O habanero não poderia estar em terras melhores. Yucatan é caracterizada por seu clima quente em que você pode desfrutar de suas belas praias e, claro, o sabor picante de Havana. Essa pimenta só cresce em áreas muito quentes e úmidas.

80% da produção dessa iguaria é comercializada como fruta fresca e os 20% restantes são direcionados para a preparação de molhos, massas e desidratados. É exportado principalmente para os Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul, Itália e Alemanha.

Depois do tomate, a pimenta habanero é a mais cultivada em toda a região. E é por isso que mais de 50% da produção total vem do México.

Suas propriedades

A pimenta habanero vem de uma planta herbácea ou arbustiva, ramificada, atingindo um tamanho de até 2 a 6 cm de altura. Sua cor varia conforme a sua maturidade. Ela é verde quando jovem, mas as cores mais comuns são laranjas e vermelhas quando maduras.

Uma única porção tem 128 miligramas de potássio, é rica em vitamina C e um poderoso anti-inflamatório natural que pode ajudar a tratar artrite e dores de cabeça. Também ajuda a regular os níveis de insulina, ajudando a prevenir diabetes.

Também devido às suas diferentes propriedades, é usada em várias áreas, desde a gastronomia até em medicamentos, nos quais seus componentes são utilizados para a fabricação de pomadas que aliviam a dor causada pela artrite.

Ainda dentro da indústria química, a habanero é usada para fazer a base de algumas tintas, bem como para fazer gás lacrimogêneo.

Uma das mais picantes do mundo

Como é geralmente o caso, quanto menor a pimenta, mais quente ela é. Em outras palavras, pimentas menores tendem a ter maiores concentrações de capsaicina, componente ativo das pimentas.

A pimenta habanero é considerada uma das mais picantes do mundo. Na Escala Scoville, que é usada para medir o grau de ardência das pimentas, seu registro é de 100.000 a 350.000 SHU. Isso a coloca 30 vezes a frente de pimentas conhecidas aqui como a pimenta jalapeño, chipotle e tabasco.

Tenha em mente que você deve ter cuidado ao abrir e manusear habaneros. Se você tocar seus olhos ou nariz depois de trabalhar com essa pimenta, você terá uma sensação de queimação, quase como uma prévia de ser pulverizado com pimenta.

Como as habaneros têm níveis tão altos de capsaicina, é recomendado o uso de luvas ao manuseá-las, principalmente em casos de feridas abertas ou pele muito sensível nas mãos.

Pimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero é bastante apimentada e típica da culinária mexicanaPimenta habanero

Saborosa iguaria

As pimentas habanero têm um sabor mais frutado em comparação com outras pimentas. É por isso que você frequentemente as vê emparelhadas com pêssego ou manga, para criar um sabor “tropical” com calor escaldante.

Morder uma dessas pimentas é apenas para pessoas que realmente amam algo absurdamente picante. Se não for seu caso, você deve evitar morder uma dessas, pois pode lhe fazer muito mal.

A maior concentração de capsaicina é geralmente nas veias e sementes. Portanto, você pode cortá-las e descartá-las a fim de saborear o calor da habanero com mais suavidade.

Molhos e combinações

Há muitas maneiras de provar esse tipo de pimenta. Molhos são ideais para acompanhar frutos do mar, principalmente o salmão.

Como fazer o molho de pimenta habanero

Ingredientes

  • 2 pimentas habanero (quem não está muito acostumado com o picante, metade de uma ou menos);
  • 4 tomates vermelhos;
  • 1 dente de alho;
  • ¼ de cebola;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo

  1. Em primeiro lugar, para descascar os tomates com facilidade, faça um corte transversal em cada um deles e coloque-os em água fervente por 10 minutos. Adicione a pimenta habanero à panela também. Em seguida, retire-os, passe-os por água fria e então remova cuidadosamente a pele dos tomates;
  2. Corte as hastes das pimentas e coloque-as no copo com os tomates, as tiras de cebola e o dente de alho descascado. Despeje meio copo de água de cozimento de tomates e pimentões e misture todos os ingredientes;
  3. Se você quiser, pode adicionar sal a gosto ou adicionar um quarto de cebola picada à receita. Se você quiser adicionar este ingrediente, refogue a cebola em uma panela com um jato de óleo quente. Uma vez transparente, adicione o molho de pimenta habanero e cozinhe em fogo médio-baixo por alguns minutos.

Agora que você sabe como preparar molho de pimenta habanero, você pode fazer todas as modificações que quiser. Algumas pessoas preparam com suco de laranja em vez de tomate, o que também dá um toque requintado. Este molho é ideal para servir com tortilhas caseiras e feijão-preto, para temperar todos os tipos de tacos, bolos e muito mais. Experimente!

Compartilhe!

Comments are closed.