Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)

Compartilhe!

Você já ouviu falar sobre a pimenta-de-sichuan ou pimenta chinesa? Conhece sua origem e como utiliza-la? Nesse artigo abordaremos sobre a pimenta chinesa, especiaria utilizada no preparo de um dos condimentos asiáticos mais apreciados em todo o mundo!

Já falamos aqui no blog sobre tipos de pimenta originários de várias partes do mundo. Chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre a pimenta-de-sichuan de aroma e sabor inigualáveis e aprender como preparar uma receita deliciosa!

Conhecida como pimenta-de-sichuan, pimenta Fagara, pimenta Szechuan, Szechwan Pepper ou Gujart, a pimenta chinesa é um pouco diferente da maioria das pimentas que conhecemos pertencentes ao gênero Capsicum. Veja só!

Origem da pimenta-de-sichuan

A pimenta-de-sichuan é o fruto seco da árvore Zanthoxylum simulans, nome de origem grega que significa “madeira amarela”, pertencente à família Rutaceae, originária do leste da China e da Tailândia.

A árvore, planta angiosperma, cresce como um pequeno arbusto, cultivada em pleno sol ou meia-sombra, não ultrapassa 6 metros de altura, produz bagas cor de rosa com pequenos grãos castanho-avermelhados, que são utilizados em especiarias. É resistente à seca e a geadas, floresce no mês de junho e as sementes amadurecem no mês de outubro. Seus frutos podem ser colhidos após o quarto ano de cultivo.

Seu fruto seco pode ser utilizado inteiro, torrado e moído, o que realça ainda mais o seu sabor (e que também é a maneira mais comum) e é o principal ingrediente de um dos condimentos asiáticos mais apreciados em todo o mundo conhecido como “Cinco Especiarias da China”, “Cinco Perfumes Chineses” ou “Cinco Temperos mais Cobiçados do Mundo”.

Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Pimenta-de-Sichuan

Sabor e aroma da pimenta-de-Sichuan

A pimenta-de-sichuan não é picante como a pimenta-preta ou a pimenta-branca (nota 3 na Escala de Scoville), mas possui sim, aroma cítrico (a Zanthoxylum simulans do gênero Citrus) e seu sabor, único, lembra muito o limão. A pimenta chinesa possui um componente bioativo que provoca uma leve dormência na língua, um formigamento e uma sensação de entorpecimento.

“Cinco Especiarias da China”

Por apresentar aroma e sabor bem peculiares, a pimenta-de-sichuan é um dos principais ingredientes para o preparo do condimento conhecido com “Cinco Especiarias da China” e um dos mais apreciados em todo o mundo.

O condimento tradicional é composto por quantidades iguais de cinco ingredientes: sementes de funcho (erva-doce), cravo-da-índia, anis-estrelado, pimenta-de- sichuan e canela, sendo que algumas versões atuais podem apresentar noz-moscada, alcaçuz e gengibre em pó.

Todos os ingredientes são moídos e misturados para se obter o condimento que apresenta um equilíbrio incontestável entre os cinco sabores: picante, doce, salgado, ácido e amargo, que, para a cultura chinesa é responsável por manter uma boa saúde.

Propriedades nutricionais da pimenta-de-sichuan

A pimenta-de sichuan é rica em vários minerais como, por exemplo, fósforo, selênio, potássio, ferro, manganês, zinco e cobre, é fonte de vitamina A, além de possuir vários fito esteroides, carotenos e terpenos como, limoneno, linalol, citronelal, entre outros.

Benefícios da pimenta-de-sichuan

Toda a planta pode ser utilizada para fins medicinais, tanto as folhas, o caule e os frutos propriamente ditos. A pimenta-de-sichuan possui propriedades diurética, digestiva, depurativa, anestésica, carminativa, tônica, anti-inflamatória e antioxidante, entre outras.

Listaremos, a seguir, alguns dos benefícios da pimenta-de-sichuan para a saúde. Confira!

  • Auxilia no combate da anemia por ser rica em ferro, além de melhorar a circulação sanguínea;
  • Auxilia a recuperar o apetite após tê-lo perdido em razão de uma grave doença;
  • Acelera o metabolismo;
  • O zinco presente na pimenta auxilia no fortalecimento do sistema imunológico;
  • Neutraliza os radicais livres prevenindo o envelhecimento precoce;
  • Diminui o risco do estresse oxidativo prevenindo vários tipos de câncer como o colorretal e outras doenças crônicas;
  • Possui propriedades anestésicas sendo eficaz no tratamento de dores de cabeça, cólicas abdominais e estomacais, por exemplo, bem como seu uso tópico para o alívio da dor de dente;
  • Sua casca e raízes são ricas em resina que age como um poderoso estimulante e tônico;
  • Auxilia o processo digestivo e no tratamento de úlceras e gastrite;
  • Melhora a saúde cardiovascular e auxilia no controle da hipertensão;
  • Possui betacaroteno, antioxidante que reduz o estresse oxidativo no sistema ocular mantendo a retina saudável, bem como reduz o risco de degeneração macular e consequente a perda da visão;
  • Auxilia no tratamento da tosse, por possuir propriedades expectorantes.
Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Tudo sobre a pimenta-de-sichuan (pimenta chinesa)Pimenta-de-Sichuan

Como utilizar a pimenta-de-sichuan?

A pimenta-de-sichuan é bastante utilizada na culinária chinesa, mas também em outros países, como Nepal, Japão, Tailândia e Índia, por exemplo, para temperar carnes vermelhas (especialmente a de porco), aves, peixes, sopas, carnes de caça, saladas, cozidos, conservas, no preparo de massas e molhos, bem como na confeitaria, no preparo de sorvetes e de chocolates.

As folhas da árvore, desidratadas e moídas, por serem tão aromáticas quanto suas sementes, também são utilizadas na culinária, tanto por donas de casa, como por renomados chefs, no preparo dos mais variados pratos.

Onde comprar pimenta-de-sichuan?

A pimenta-de-sichuan pode ser encontrada em lojas de especiarias, principalmente nas que comercializam produtos asiáticos importados, em forma de grãos ou já torradas e moídas, em embalagens a vácuo. A embalagem com 10 g de pimenta custa aproximadamente R$ 32,00. A sua embalagem após aberta, segundo o fabricante, deve ser mantida bem fechada em local seco e fresco.

Receita com pimenta-de-sichuan

Muito bem! Agora que já conhece os benefícios e propriedades da Sichuan, que tal anotar essa receita deliciosa de Peito de frango com pimenta-de-sichuan? Somente saboreando para poder avaliar, não é mesmo?

Peito de frango com pimenta-de-sichuan

Ingredientes

  • 4 peitos de frango cortados em tiras de 0,5 cm;
  • 2 dentes de alho picados;
  • 1 colher de sopa de gengibre fresco picado;
  • 1 colher de chá de grãos de pimenta-de-sichuan levemente moídos;
  • 4 colheres de sopa de óleo;
  • 1 cenoura cortada em fatias finas;
  • 6 cebolinhas cortadas em tiras;
  • 1 colher de chá de óleo de gergelim;
  • Folhas de 2 maços de acelga ou couve-chinesa;
  • Folhas de coentro;
  • Sal a gosto.

Para a marinada

  • 100 ml de saquê adocicado (mirim);
  • 100 ml de molho de soja;
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo;
  • 4 colheres de sopa de saquê.

Modo de preparo

  • Em uma tigela, coloque todos os ingredientes da marinada e acrescente as tiras de frango;
  • Tampe a tigela e leve à geladeira por 2h para tomar gosto;
  • Aqueça uma frigideira larga, ou uma wok, coloque o óleo e leve ao fogo para aquecer;
  • Retire o frango da marinada, escorra bem e misture a ele o gengibre e o alho;
  • Coloque as tiras de frango e deixe por 2 min até dourar de um lado;
  • Vire as tiras e deixe dourar do outro lado. Retire da frigideira e reserve;
  • Coloque na frigideira a cenoura, o óleo de gergelim e uma pitada de sal;
  • Acrescente o frango, a acelga, os grãos de pimenta-de-sichuan, a cebolinha e um pouco da marinada;
  • Deixe cozinhar por 4 min;
  • Acrescente as folhas de coentro e bom apetite!
Compartilhe!

Comments are closed.